domingo, 9 de janeiro de 2011

2011 tá aí e o bicho vai pegar!

domingo, 9 de janeiro de 2011
.

Surpreso?
Esse blog atualizado?
Você achou que isso nunca mais iria acontecer?

Ha-ha.

Cá estou.

Depois de tanto tempo, pensei tantas vezes em voltar aqui, mas nunca voltava.
Tanto aconteceu desde o último post!

Minha vida mudou um bocado!
Bocado ainda é pouco.

Desde o dia 17 de julho de 2010 segui um novo rumo.
Me estabeleci em um novo lugar e mudei minha rota.
Foi o começo de novos dias.

E é muito louco isso, porque por mais que a mudança não tenha sido planejada, aconteceram coisas muito boas desde então.

Tem muito ainda por vir.
Muitos planejamentos, muitas realizações, muitas outras e tantas mudanças.

Mas o que mais importa é a mudança de atitude.
Dentre os altos e baixos, tenho estado mais no alto. E segura.

Porque gente insegura no alto tem um caminho só: CHÃO!

E essa felicidade cada vez mais diária se deve a muito trabalho.

Agradeço de coração à família. Minha mãe, meu pai, madrasta e padrasto que mesmo de longe estiveram sempre lá por mim, me criando e apoiando, da maneira que podiam.

À minha irmã, pelo apoio e pelo carinho sempre demonstrado e pela atenção, mesmo quando eu faltava com a mesma.

Aos amigos-irmãos, de vida e de profissão, pelas palavras e pelas visitas e saídas, sempre levantando minha moral e proporcionando momentos engraçados e muitas experiências para tomar pra vida.

Ao namorido, amigo e mais, pelo companheirismo diário, pela força e conselhos, por cuidar de mim quando eu fico feia e doente e por ser quem é, me divertindo e me mimando, me dando bronca ou matando insetos invasores asquerosos. Espero que continuemos assim, cúmplices desse mundo doido em que a gente vive.

À Fernanda, minha ex-psicóloga, que apesar de eu saber que não lerá isso aqui - por conta da ética de sua profissão -, me ajudou a estar aqui onde estou e me ajudou a reconstruir minha autoestima e individualidade, antes afetadas por muita gente boa que precisava de mim de verdade ou por muita gente ruim que usava o precioso individualismo inerente a todo ser-humano em forma de egoísmo e umbiguismo. Obrigada por comemorar comigo minhas vitórias e pelos sorrisos, tão incomuns em sua área de trabalho.

Obrigada Deus, por ter acordado hoje pela manhã e pelas outras belas e tristes manhãs dos últimos 24 anos e exatos 6 meses. "Só" por isso já sou imensamente grata, pois é a partir disso que posso viver tudo que vivo e que vivi, em companhia dessa gente que admiro, gosto, adoro, amo e sou eternamente grata!

2011 começou e está aí pra ser vivido, pra ser mudado e pra ficar na memória como um ano de vitórias, saúde, felicidade diária e descobertas felizes.

Obrigada pela leitura e vem comigo!

;o)

.

2 luz(es) no fim do túnel:

M disse...

Linda!
Vou contigo!!

Um 2011 repleto de conquistas e paz, Vi!

Beijo grande e um forte abraço,
M.Grizotti.

V. M. Reinhardt! disse...

O mesmo em dobro pra ti, gatinha!